Agro será maior beneficiado com 5G, diz ministro

17 de março de 2021

O governo tem compromisso com a celeridade nas etapas do leilão do 5G

De acordo com o ministro das Comunicações, Fábio Faria, o setor do agronegócio será o maior beneficiado com a tecnologia do 5G, informou a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). O ministro garantiu que a internet das coisas estará disponível em todos os 26 estados e o Distrito Federal até junho de 2022.


Segundo o ministro, o edital para o leilão do 5G foi aprovado em 25 de fevereiro pelo Conselho Diretor da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e encaminhado para análise do Tribunal de Contas da União. “Estamos a cerca de 100 dias para que ocorra o leilão do 5G no país. As teles que vão participar são a Claro, a Vivo e a TIM”, disse.

Além disso, ele reforçou que o governo tem compromisso com a celeridade nas etapas do leilão do 5G e que o agronegócio será o maior beneficiário com a conectividade no país. “Para expandir a conexão no Brasil, o ministério definiu que todas as localidades com mais de 600 habitantes devem receber, no mínimo, o sinal de 4G, de forma escalonada a partir do ano que vem até 2028”, completou. Além disso, também haverá investimento no programa Norte Conectado, estimado em R$ 1,5 bilhão, que atenderá cerca de 10 milhões de habitantes da região. “Hoje nós temos 16 mil localidades acima de 600 habitantes, desse total temos ainda cerca de 3500 localidades sem acesso à internet que vamos regulamentar a partir 2022”, indicou.

“A conectividade está para a produção rural como a água e o sol, se demorar cinco a seis anos para chegar, a grande propriedade vai acabar comprando todas as outras e, com isso, gerar concentração de riqueza. Precisamos democratizar esse processo,” argumentou.



Original https://www.agrolink.com.br/noticias/agro-sera-maior-beneficiado-com-5g--diz-ministro_447466.html